Protestos de seringueiros e Chico Mendes

Os seringueiros têm uma história de luta, com realização de atos de protesto contra a política para a borracha nativa, contra a fome e contra a devastação da floresta amazônica. Eles foram responsáveis por muitas manifestações políticas em vários municípios do Acre, por exemplo.  Eles queriam que o governo federal  reconhecesse oficialmente as reservas extrativas,  e queriam que as  condições para que a execução desse trabalho fossem definidas e caracterizadas.

O termo “empate” é utilizado pelos seringueiros como símbolo  de suas resistências, de suas lutas e de suas reivindicações. Os trabalhadores do seringal tiveram seus primeiros “empates”, na região acreana e não imaginavam que suas experiências de resistência chegassem às proporções que chegaram.

Para Chico Mendes, sindicalista de Xapurí, a prática do “empate” teve início em 1976. Chico Mendes foi um personagem de grande importância. Viveu essa experiência junto aos seringueiros, tentando evitar o desmatamento  de áreas de seringais na região de Xapurí, até ser  assassinado em 1988.

Saiba mais sobre a vida de Chico Mendes clicando aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s