Zona Franca de Manaus

A Zona Franca de Manaus (administrada pela SUFRAMA) é uma zona industrial criada no governo Castelo Branco, durante a ditadura militar, com o objetivo de incentivar a entrada de empresas na Região Norte, que até então tinha toda a sua produção industrial concentrada em Belém. A região carece de infraestrutura, de forma que foi necessária a criação da Zona Franca para melhorar sua industrialização.

A Zona foi idealizada pelo Deputado Federal Francisco Pereira da Silva em 1957, e no começo, era apenas um Porto Livre, os incentivos fiscais só vieram 10 anos mais tarde.

Incentivos fiscais são incentivos oferecidos pelo governo, como a isenção de impostos, com o intuito de fazer com que mais empresas se instalem em determinada localidade. As empresas que se instalam na Zona Franca recebem uma série de incentivos fiscais, que incluem:

  • Isenção do imposto de importação, permitindo o uso de tecnologia internacional;
  • Isenção do imposto de exportação;
  • Desconto parcial no imposto de circulação de mercadorias e serviços (ICMS) (âmbito estadual);
  • Isenção por dez anos de IPTU, da taxa de licença para funcionamento e da taxa de serviços de limpeza e conservação pública (âmbito municipal).

Mesmo, com as isenções, o Estado consegue arrecadar uma quantia significativa. Hoje, o polo abriga cerca de 600 indústrias, voltadas para os setores de televisão, informática e de motocicletas. Esse ano (2012) a presidente Dilma Roussef prorrogou a Zona Franca por mais 50 anos.

Algumas empresas, no entanto, não podem receber os incentivos fiscais, são elas:

  • Indústrias de bebidas alcoólicas;
  • Indústrias de armamentos;
  • Indústrias de fumo;
  • Indústria de automóveis (exceto motos)
  • Indústrias de cosméticos (a não ser que o produto se destine a consumo dentro da ZFM, ou que seja produzido utilizando a flora local).

A ZFM deu origem ao Pólo Industrial de Manaus (PIM), que vem apresentando grande competitividade e está em desenvolvimento constante. Em 2007 faturou aproximadamente US$ 25 bilhões, também sendo fonte de empregos, gerou quase 100 mil empregos diretos na cidade de Manaus.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s