Escoamento de Mercadorias: Um gargalo para a Região Sul

As áreas com mais complicações são as rodovias BR-101 e BR-116, as ferrovias litorâneas e da Serra do Mar e os aeroportos de Joinville, Navegantes e Chapecó. Alguns desses pontos chegam a precisar dar conta de 470% do que são capazes, hoje em dia.
A infraestrutura de transporte do Sul, por mais que esteja longe de ser a pior do país, ainda deixa muito a desejar, quando o assunto é o escoamento de mercadorias. A localização da região é estratégica para o comércio com o resto da América do Sul e devem haver investimentos para que esse comércio seja fortalecido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s