Usina Elétrica de Belo Monte

Em janeiro de 2011, foi concedida a licença para a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, que será a terceira maior hidrelétrica do mundo com pontencial para gerar cerca de 4.500 MW (39,5 TWh por ano) com um orçamento estimado em 19 bilhões de reais. Ela se localizará no Rio Xingu, no estado do Pará, Brasil.

A central de energia causou grande polêmica ao ser divulgada, pois em sua construção serão alagados cerca de 516 km². A vazão da água fará com que o transporte fluvial até o Rio Bacajá (um dos afluentes da margem direita do Xingu) seja interrompido. Atualmente, este é o único meio de transporte para comunidades ribeirinhas e indígenas chegarem até Altamira, onde encontram todo tipo de assistência social. Além disso, a obra irá afetar o ciclo hidrológico do rio e consequentemente as espécies que nele fazem a desova, coisa que terá um enorme impacto na pesca (principal atividade econômica da população indígena e ribeirinhos). A construção também implicará na migração de mais de 100 mil pessoas para a região e pelo deslocamento forçado de mais de 20 mil pessoas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s